Notícias | Em fotos, os 15 anos da Estação Espacial Internacional em órbita na Terra

 

Em fotos, os 15 anos da Estação Espacial Internacional em órbita na Terra

Notícias | Em fotos, os 15 anos da Estação Espacial Internacional em órbita na Terra.

 

Mantida por agências espaciais do mundo todo, laboratório já recebeu 211 astronautas em mais de 352 viagens

 

 

Onde você estava quando a ISS lançou seu primeiro módulo, em novembro de 1998? Alguns de nós assistiram ao lançamento; outros estavam na escola; e outros ainda nem sequer tinham nascido. É difícil acreditar que a Estação Espacial Internacional – o maior projeto de cooperação científica que existe – está comemorando seu 15º aniversário.

 

A primeira tripulação a morar na ISS chegou em 2 de novembro de 2000. Desde então, a Estação esteve continuamente ocupada por 13 anos. É, de longe, a presença humana contínua mais longa no espaço, e o único laboratório permanentemente sem peso.

 

Hoje, o grande laboratório em órbita inclui contribuições da NASA, ESA (Agência Espacial Europeia), Roscosmos, CSA-ASC (Agência Espacial Canadense) e JAXA (Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial). Incluindo a atual tripulação, 211 pessoas já visitaram e trabalharam na Estação em mais de 352 voos espaciais.

 

Para desejar à ISS um feliz aniversário, nós escolhemos os momentos mais bacanas de sua vida no espaço: seus primeiros habitantes, sua construção, e suas operações atuais.

 

Governador da Flórida boicota Petrobrás devido a relações com Irã

08/11 – 23:40 – EFE

São Paulo – O governador do estado americano da Flórida, Charlie Crist, que lidera uma missão comercial de seu país no Brasil, cancelou hoje uma reunião de negócios com diretores da Petrobrás, alegando que a estatal mantém relações com o Governo do Irã.
“Continuaremos seguindo o caminho moral e prudente de não fazer negócios com companhias que apóiam o terrorismo e assim estabelecer um exemplo para os demais estados e nações”, disse Crist, segundo um comunicado no site do Governo da Flórida.Para Crist, o apoio ao Irã “é uma ameaça aos Estados Unidos e a seus aliados, como Israel”. Ele defendeu a lei promulgada em meados do ano no seu estado, que proíbe os fundos de previdência de investir em companhias que façam negócios com Irã e Sudão.O assessor do governador, George LeMieux, foi ao Rio de Janeiro para se reunir com Samir Passos Awad, gerente-executivo da estatal para a área internacional. Ele explicou que a participação do Irã da companhia é só de “prospecção”, mas alertou que será difícil uma “desvinculação” no próximo ano, como exige a legislação da Flórida.Petrobrás e Flórida são partes vitais para fortalecer o acordo bilateral entre Brasil e Estados Unidos, que procura promover a produção e comercialização de etanol no mundo.Na segunda-feira, em sua primeira atividade no Brasil, Crist disse, na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que ele e seu estado defendem uma redução das taxas de importação de etanol. O governador quer que a Flórida seja a porta de entrada do álcool brasileiro nos Estados Unidos.O consumo de gasolina na Flórida, com 32,7 bilhões de litros por ano, superior ao de todo o Brasil, faz do estado um mercado “potencial” para o etanol brasileiro, como combustível alternativo, segundo a União dos Produtores de Açúcar e Álcool.