Esquema de bandas de forró pode ter sonegado R$ 500 mi

Esquema de bandas de forró pode ter sonegado R$ 500 mi

As fraudes no imposto de renda de um dos maiores grupos empresariais de forró do país podem chegar a 500 milhões de reais, segundo a Polícia Federal. O grupo empresarial A3 Entretenimento, que administra a banda de Aviões do Forró e outras três bandas do Nordeste, foi alvo da Operação For All, deflagrada nesta manhã.
Os cantores Xandy e Solange Almeida, da banda Aviões do Forró, foram conduzidos coercitivamente para depor na sede da PF em Fortaleza. Por meio de nota, a banda informou que “está à disposição da Polícia Federal e da Justiça e que colaborará com todos os questionamentos em relação à operação”. As oitivas já foram concluídas e, à princípio, não houve indiciamento de nenhum dos depoentes.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s