Esquema de bandas de forró pode ter sonegado R$ 500 mi

Esquema de bandas de forró pode ter sonegado R$ 500 mi

As fraudes no imposto de renda de um dos maiores grupos empresariais de forró do país podem chegar a 500 milhões de reais, segundo a Polícia Federal. O grupo empresarial A3 Entretenimento, que administra a banda de Aviões do Forró e outras três bandas do Nordeste, foi alvo da Operação For All, deflagrada nesta manhã. Continue reading “Esquema de bandas de forró pode ter sonegado R$ 500 mi”

Doria quer ajuda de Temer para congelar tarifa de ônibus

SÃO PAULO – O prefeito eleito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta terça-feira, 18, que se encontrará com o presidente Michel Temer (PMDB) no próximo dia 25 para pedir um socorro do governo federal e permitir que a Prefeitura congele a tarifa de ônibus no ano que vem. O tucano esteve no bairro de Parelheiros, no extremo sul da cidade, para cumprimentar moradores e agradecer os votos recebidos.
O pedido será de R$ 500 milhões, afirmou Doria. Esse é o valor considerado necessário pelo tucano para manter a passagem a R$ 3,80 em 2017. Na proposta orçamentária encaminhada pela gestão Fernando Haddad (PT) à Câmara Municipal, está previsto R$ 1,8 bilhão para subsídios ao transporte público, conforme informou nesta manhã o secretário de Governo da Prefeitura, Chico Macena, após reunião de transição entre as equipes de Haddad e Doria.

“Tenho certeza que ele (Temer) será sensível para ajudar São Paulo, assim como São Paulo está ajudando ao não atualizar a tarifa contribuindo para a estabilidade inflacionária do País”, disse Doria. Ele deverá viajar a Brasília para a audiência com Temer. Na ocasião, o tucano também vai participar de um encontro entre prefeitos do PSDB eleitos no primeiro turno no País.

Doria garantiu que a tarifa não sofrerá ajuste em 2017, buscando não aumentar o preço diante do quadro de desemprego na cidade. “2018 é outra história”, falou, emendando que, com a recuperação econômica brasileira, será possível avaliar uma revisão tarifária.

PAC. A falta de repasses do governo federal foi uma das principais queixas do prefeito Haddad ao longo da gestão e virou justificativa para o não cumprimento de promessas de campanha, como a construção de 20 Centros Educacionais Unificados (CEUs). Em janeiro deste ano, ainda na gestão Dilma Rousseff (PT), o petista cobrou da União o reembolso de R$ 400 milhões que, segundo ele, foram investidos pelo Município em obras do PAC. Doria vai cobrar essa conta.

Desde o início da gestão Haddad, em 2013, a Prefeitura recebeu R$ 844,9 milhões em recursos do PAC, cerca de 10% dos R$ 8 bilhões que eram aguardados pela administração do petista. Segundo a Secretaria Municipal de Finanças, os reembolsos do PAC costumavam demorar 60 dias no início, mas agora levam mais de um ano para serem liberados.

Congresso aprova crédito de R$ 702,5 mi para Fies

O Congresso Nacional aprovou nesta terça-feira um crédito de 702,5 milhões de reais para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
Em votação simbólica, deputados e senadores deram sinal verde para que os recursos sejam destinados ao Fies.
A demora na deliberação sobre o crédito pelo Congresso levou o ministro da Educação, Mendonça Filho, a fazer um apelo no início do mês por sua aprovação. Na ocasião, Mendonça garantiu que o governo irá preservar todos os contratos relativos ao programa.

As usinas brasileiras protegem volume recorde de açúcar em Nova York.

As usinas brasileiras protegem volume recorde de açúcar
As usinas brasileiras protegem volume recorde de açúcar

As usinas brasileiras vendidas para a frente 7,17 milhões de toneladas de 2017/18 açúcar em Nova York até o final de setembro, ou 27 por cento das exportações estimadas, disse Archer. O recorde anterior para esse tipo de operação foi de 19,7 por cento das exportações estimadas na safra 2014/15, segundo a consultoria.

(Reportagem de Marcelo Teixeira, Edição de Chizu Nomiyama)