Implacável, Rosberg vence em SP e adia sonho de Hamilton mais uma vez

Implacável, Rosberg vence em SP e adia sonho de Hamilton mais uma vez

Fonte: Implacável, Rosberg vence em SP e adia sonho de Hamilton mais uma vez

Contrariando todas as previsões, Fernando Alonso conseguiu se manter na pista, apesar do festival de problemas apresentado por sua McLaren-Honda durante os treinos. Neste início de corrida, as Mercedes eram cerca de meio segundo mais rápidas que a dupla da Ferrari, enquanto a vantagem de Rosberg sobre o companheiro Hamilton atingia a casa de 1s2. Vettel até tentou apertar o ritmo para andar na mesma passada das Flechas de Prata, mas a briga pela ponta estava mesmo restrita aos dois pilotos da escuderia alemã.

Massa foi para os boxes na volta 10, colocou pneus médios e voltou em 14º, enquanto o companheiro Bottas retornou de sua parada em oitavo. Rosberg e Vettel foram para os boxes na 13ª volta e voltaram em segundo e terceiro, respectivamente, com Hamilton assumindo provisoriamente a dianteira. O inglês fez seu pit stop na volta seguinte e voltou atrás do companheiro alemão. Nasr estava em quinto quando foi para os boxes, na volta 14, e retornou à pista em 15º. Na sequência, o brasileiro ultrapassou Jenson Button para ganhar uma posição.

Com a primeira janela de pit stops completada, Massa havia caído para a nona posição, atrás de Daniil Kvyat. O brasileiro subiu uma posição após ultrapassar a Lotus de Pastor Maldonado, enquanto a disputa na dianteira começava a ficar mais acirrada. A diferença de Hamilton para Rosberg caiu para apenas 0s5, e o inglês ensaiava um ataque ao companheiro alemão a qualquer momento. No entanto, Rosberg tratou de apertar o ritmo e, algumas voltas depois, já estava com 2 segundos de vantagem, “passeando” no traçado paulista.

Com a vitória em Interlagos, Rosberg garantiu o vice-campeonato, acabando com as chances matemáticas de Sebastian Vettel, da Ferrari, o terceiro colocado em Interlagos. A derradeira etapa da Fórmula 1 será disputada daqui a duas semanas, em Abu Dhabi.

A corrida

A largada do GP do Brasil transcorreu de forma limpa, sem incidentes. A maioria dos pilotos optou por largar de macios, e o destaque ficou por conta de Valtteri Bottas, que colou no muro para ultrapassar a Force India de Nico Hulkenberg. O finlandês da Williams também passou o russo Daniil Kvyat e pulou de sétimo para quinto, enquanto os outros competidores da dianteira mantiveram suas posições, com Lewis Hamilton sem chances para atacar o pole Nico Rosberg.

O brasileiro Felipe Massa se manteve em oitavo, enquanto o xará Felipe Nasr ganhou uma posição e ainda ultrapassou Romain Grosjean no S do Senna, para delírio do público em Interlagos. No entanto, o francês da Lotus conseguiu retomar sua posição logo depois. O espanhol Carlos Sainz, que largou dos boxes após apresentar problemas mecânicos na STR, não conseguiu completar a primeira volta e abandonou, provocando uma bandeira amarela no setor 2.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s