Samba do Coreto

O “Samba do Coreto”, nome dado ao grupo de samba de roda Conceição do Almeida realizou uma grande apresentação em comemoração ao Dia da Consciência Negra.
O semba foi trazido para a Bahia pelos africanos na época da colonização. O ritmo sofreu transformações e passou a ser chamando de samba, provavelmente no século XIX. Expressão muito forte no Recôncavo Baiano, o samba de roda mistura cantigas regionais, poesia, dança e festa, em Conceição do Almeida, e sua apresentação é um resgate da nossa cultura.
O canto é puxado por uma pessoa e respondido pelas demais, as palmas ritmadas e o acompanhamento dos intrumentos típicos são tocados pelos homens, como o pandeiro, o chocalho, o atabaque, marcação repique, reco-reco e a viola. O samba é dançado somente por mulheres, que entram na roda quando recebem das mais velhas a umbigada que permite o começo da dança e têm as roupas no mesmo padrão de chita estampada, blusas rendadas e chapéus de palha, que diferenciam as mulheres que participam das visitantes.
Em Conceição do Almeida, o samba de roda tem presença garantida no feriado da Independência da Bahia – dois de Julho – e no dia da homenagem a Nossa Senhora da Purificação – dois de fevereiro.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s