Monti diz que Itália pode buscar ajuda de fundo, mas não agora

BRUXELAS, 29 Jun (Reuters) – A Itália pode pedir ajuda dos fundos de resgate da União Europeia para reduzir o juro pago por seus títulos, embora não tenha planos de fazer isso imediatamente, afirmou nesta sexta-feira o primeiro-ministro, Mario Monti.

“A Itália não planeja ativar o mecanismo por enquanto, mas não excluo nada para o futuro”, disse Monti, acrescentando que o mecanismo foi concebido exatamente para países como a Itália, que cumprem as recomendações de finanças públicas da UE.

Monti também disse que não sabe se o acordo alcançado por líderes da UE nesta sexta-feira será suficiente para acalmar os mercados, que levaram os custos de empréstimos de 10 anos italianos para cerca de 6 por cento nas últimas semanas.

(Reportagem de Gavin Jones)

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s