Luiz Ademir Souza faz 40 anos de literatura

Luiz Ademir Souza faz 40 anos de literatura

Luiz Ademir nasceu em Conceição do Almeida, e em seguida sua família mudou-se para Muritiba

O escritor brasileiro Luiz ADEMIR SOUZA faz 40 anos de literatura em 2009, para o que muitos eventos estão sendo organizados e preparados em sua homenagem no Brasil e no exterior, em parceria com a Fundação Luiz Ademir-Flmair, Fundação Ibero-Americana e a W-Ford Digital Company.

A programação Luiz Ademir 40 Anos de Literatura está sendo esperada com muita expectativa, porque traz a história de vida e das letras do professor, jornalista, empreendedor e escritor-poeta baiano para o mundo (Brasil, Alemanha, Inglaterra, Itália, Espanha, Canadá e Estados Unidos).

Você não pode perder:

Luiz Ademir nasceu em Conceição do Almeida, e em seguida sua família mudou-se para Muritiba, ambas as cidades no recôncavo da Bahia, daí para Vitória da Conquista, no sul do estado, e retornando ao sertão, para Feira de Santana, próxima à capital – para formar-se e desenvolver-se na literatura e nas artes, começando com os livros Serafim: Complexo de um Amor Vivido, A Prostituta Virgem, romances que o tornaram conhecido na região de Feira de Santana, princesa do sertão. Aquela gente o abraçou e o enlevou a um dos grandes nomes das letras na Bahia.

Definitivamente, mudando-se pra Salvador, há 37 anos, formou-se em arte pela UFBa.(1976), especializou-se no Brasil (Educação-Comunicação-Cultura, Arte e Meio Ambiente) e no exterior (Comunicação de Massa) e ainda hoje é professor-titular de Arte, Comunicação e Educação da Universidade Católica do Salvador – há mais 30 anos de trabalho.

Atuou no jornal A Tarde como articulista por 11 anos e Diário Oficial da Bahia no mesmo período. Fundou e dirigiu a Revista da UNEB. Coordenou o Movimento Cultural Contemp e lançou mais de 5 mil artistas e escritores – em 35 anos de atividade. Na educação, implantou os cursos de arte da UCSal, a Universidade do Estado da Bahia e os seus cursos de Comunicação e ainda fez parte do grupo que implantou a TV Educativa da Bahia, sendo seu primeiro diretor de Comunicação – quando assessor de Edivaldo Boaventura no governo João Durval. De lá pra cá implantou e instalou várias entidades de comunicação (TV Recon canal 25) e de ensino, destacando-se a UNR, pioneiras no Recôncavo, enquanto em Salvador, a Universidade Contemporânea e a Esiba-Escola de Informática da Bahia e a instalação do curso de Propaganda e Marketing da Faculdade 2 de Julho ganhavam corpo, ele se expandia além de ser o primeiro reitor pró-tempore da Universidade do Recôncavo, em Cruz das Almas. Atualmente é reitor da Universidade das Américas, no Brasil.

Artista plástico, editor experiente e autor premiado (Prêmio Prefeitura de Salvador e Medalhão de Ouro Lions Clube, ambos na década de 70, Diplomas, Certificados e Medalhas e Troféus diversos em todos os seus 40 anos de literatura, além do grande Prêmio Ibero de Literatura 2005 da Espanha e o interessante/intrigante título Barão de Itapuã), Ademir tem vários lançamentos no exterior, entre esses O Estranho Amor da Senhora Calls (conto, capa/ilustrações de Robério Cordeiro, 4ª edição, trilingue, na Feira do Livro de Frankfurt 1994), as edições especiais Maristela (12ª edição, prefácio original de Jorge Amado e capa Calasans Neto / ilustrações de Graça Ramos e Juarez Paraíso), Defuntos-Carnavais (5ª, com prefácio de Giuseppe Brazzi e Vera Matos), Cecília Bandeira – a prostituta virgem (10ª, com capa de Vivaldo Lima e abas de Sergio Matos / ilustrações de Guache Marques).

Outras obras como Mombaça, versos-textos, e Pausa e Prenúncio, poesia, ambas em parceria com o historiador Gerado Coni, marcaram época. Todas estas atividades do escritor Luiz Ademir e sua grandeza espiritual justificaram a criação e o funcionamento da Fundação Luiz Ademir-Flamir, sediada na bela e bicentenária Estação de Trem, na pequenina cidade de São Félix, no interior da Bahia.

Luiz Ademir 40 anos de literatura é festa nacional: seus admiradores e fãs – e milhares de alunos e amigos (porque se trata de um homem muito bem relacionado) – e o mundo quase todo já o recebem como verdadeira revelação das letras e das artes – o que traduz o VIVO Brasil lá fora, tão bem visto e interpretado através das personagens e dos versos contemporâneos de Luiz Ademir Souza, pai e avô, 57 anos de resistência e amor à cultura brasileira.

Noticias em tempo real 24h.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s