Festa de São João 2009

Prefeitura de Conceição do Almeida divulga atrações do São João 2009

O Prefeito Adailton Campos Sobral ( Ito de Bega ) divulgou na sexta-feira(05), as atrações do São João de Conceição do Almeida 2009. Trazendo como tema É O SÃO JOÃO DE UM NOVO TEMPO, o São João desse ano tem em sua grade mais de 30 atrações.

A festa começa dia 20 de junho, sábado, e se encerra no dia 24 de junho. O São João de Conceição do Almeida desse ano conta ainda com a Palco 2, e o Coreto durante o dia, com total infra-estrutura.

Dia 25 de junho o Projeto Quinta no Mercado continua e completa o São João de Conceição do Almeida.

PROGRAMAÇÃO:

20/06

20:00h – Robson Farias

22:00h – Sarapatel com pimenta

00:00h – Os Mamulengos

02:00h – Forró do BOM

21/06

19:00h – Márcio Moreno

21:00h – Canários do Reino

23:00h – Kbra da Pest

01:00h – Os Cumpadi

03:00h – Arrybahê

22/06

21:00h – Cumade Karolina

23:00h – Canina do Forró

01:00h – Coração da Gente

03:00h – Arnaldo Farias

23/06

22:00h – Luisinho de Irauçuba

00:00h – Virgilio

02:00h – Acarajé com Camarão

04:00h – Banda Raizes

24/06

20:00h – Italo & Renno

22:00h – Dio do Acordeon

24:00h – Segredo do Balanço

Hamilton vence a primeira na Fórmula 1

Hamilton vence a primeira na Fórmula 1
Massa é desclassificado em corrida marcada por forte batida do polonês Robert Kubica
GLOBOESPORTE.COM Montreal, Canadá
Lewis Hamilton, da McLaren, conseguiu sua primeira vitória na Fórmula 1 no GP do Canadá. O inglês dominou a corrida, marcada pelo forte acidente de Robert Kubica, da BMW Sauber, desde o início e não deu chances para os rivais. De quebra, ele assumiu a liderança do campeonato, com 48 pontos. O alemão Nick Heidfeld, companheiro do polonês acidentado, foi o segundo, e o austríaco Alexander Wurz, da Williams, fechou o pódio.
Lewis Hamilton comemora sua primeira vitória na Fórmula 1. Ele chegou em primeiro no GP do Canadá, neste domingo
Heikki Kovalainen, da Renault, conseguiu uma excelente quarta posição e se reabilitou de um péssimo início de temporada. Kimi Raikkonen, da Ferrari, chegou em uma decepcionante quinta colocação, à frente de Takuma Sato, da Super Aguri, que ultrapassou a McLaren de Fernando Alonso para chegar na sexta posição. O espanhol foi apenas o sétimo, à frente de Ralf Schumacher. Felipe Massa, da Ferrari, e Giancarlo Fisichella, da Renault, foram desclassificados por terem saído dos boxes com a luz vermelha acesa. O pit lane estava fechado, portanto eles não poderiam ir para a pista. Ao ser focalizado pelas câmeras de TV, o brasileiro demonstrou toda a sua contrariedade pela medida tomada pela direção de prova.

No final do ano passado, um espião russo, ex-funcionário da temida KGB, aparece morto por uma doença terrível e desconhecida.

No final do ano passado, um espião russo, ex-funcionário da temida KGB, aparece morto por uma doença terrível e desconhecida. Agora, a viúva desse espião e o melhor amigo dele lançam um livro que acusa: foi o próprio presidente da Rússia que ordenou o assassinato.O ex-espião russo chama-se Alexander Litvinenko, conhecido por Sasha. Ele tinha 42 anos de idade, era atlético e saudável. Só que, em novembro do ano passado, uma dose de veneno devastou seu aparelho digestivo, destruiu o DNA de suas células e causou a falência de todos os órgãos. O veneno era um elemento radioativo muito raro: o polônio 210. Sasha morreu em 23 de novembro de 2006. Três semanas antes, um encontro misterioso já tinha selado o destino dele. De acordo com os promotores britânicos, o envenenamento aconteceu em um bar, dentro do Hotel Millenium, no centro de Londres. Neste local, Sasha se encontrou com dois conhecidos dele, russos, para falar de negócios. Um desses conhecidos é acusado pelo governo britânico de ter matado Sasha.
Livro
Esta historia está agora sendo contada em livro, escrito pela mulher de Sasha, Marina Litvinenko, e por um dos maiores amigos dele, o doutor Alexander Goldfarb. No livro, os dois fazem uma acusação direta: foi o governo do presidente russo, Vladimir Putin, que mandou matar Sasha. Os dois ressaltam que 97% da produção mundial de polônio vêm da Rússia e que, embora o caso de Sasha seja o primeiro da história por envenenamento com polônio, a substância faz parte do manual de venenos da KGB, a polícia secreta da ex-União Soviética.
Acusações e MSI
Sasha era famoso na Rússia. Ex-agente da KGB, no ano 2000, Sasha foi à TV acusar seus próprios chefes de corrupção e de planejar e executar assassinatos. Foi preso. Ao sair da cadeia, fugiu com Marina e o filho para a Inglaterra. No exílio, seguiu com críticas ferozes a Putin. A principal delas: acusou o presidente russo de mandar explodir prédios residenciais em Moscou, matando centenas de civis, e jogar a culpa em terroristas, para usar isso como pretexto para massacrar a Chechênia, região que busca se separar da Rússia.

Em dólares, salário mínimo atinge o maior valor desde 1953

A queda acentuada do dólar nos últimos meses, apesar de criticada pelo setor exportador, proporcionou a obtenção de um valor histórico para o salário mínimo – pelo menos com referência na moeda norte-americana. Com o dólar oscilando próxima da barreira dos R$ 1,96, o salário mínimo brasileiro de R$ 380 alcançou US$ 194. Na semana passada, quando o dólar caiu a R$ 1,90, chegou ao patamar inédito de US$ 200. Estes são os maiores valores pelo menos desde 1953, quando tem início a série histórica do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e do Banco Central. Em janeiro de 1953, o salário mínimo estava em US$ 64,21. No início dos anos 60, porém, já havia recuado para cerca de US$ 32. Ao patamar de US$ 50, o salário mínimo chegou somente em 1973. A barreira dos US$ 100, por sua vez, foi atingida em 1981, mas voltou a cair nos meses subsequentes. Se firmou acima dos US$ 100 somente em meados de 1995, após o Plano Real, mas voltou a cair abaixo disso em 1999 com a crise da Rússia – quando o real perdeu valor e o dólar subiu. O salário mínimo ultrapassou somente em 2006 a marca dos US$ 150.