SUS Forte na Bahia

A primeira medida do governo Wagner na área de saúde, aponta na direção do fortalecimento do sistema único de saúde no estado. A devolução á gestão pública do hospital Mário Dourado sobrinho, em Irecê, prevista para acontecem 60 dias, indica a disposição do governo da Bahia de corrigir uma inversão de valores que marcou a gestão na saúde nos 16 anos do carlismo no estado. A nova atitude do governo estadual para o setor é condição para se constituir uma saúde pública de qualidade e inclusive no final o governo passado, nada menos que 18 hospitais públicos encontravam-se sobre controle da iniciativa privada, seja através das organizações sociais, como no caso de Irecê ou via processos de terceirização. A concepção destorcida de que a gestão publica era incapaz para gerir as unidades de saúde bastante disseminada pelos governos anteriores, em concluir com os grupos que apropriaram se da saúde na Bahia, deverá ser sepultada no estado para o bem dos usuários. E, notadamente, dos cofres públicos.
Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s